Une femme, une idée, un projet (Uma mulher, uma ideia, um projeto)

A Ceo Madame Nalwango, Jamile Musafiri, participou, no último sábado (23/03) da 1ª Edição do Debate da Conferência ‘Uma mulher, uma ideia, um projeto’. O evento aconteceu em Kinshasa, na República Democrática do Congo, e contou com a presença de algumas personalidades da cultura africana, como a Ministra de Gênero, Infância e Família, Excelentíssima Senhora Chantal Safou Lopusa, a cantora Amanda Malela, a atriz Joselyn Dumas e a presidente da Fundação Nehema, Sra Ketsia Olangi, organizadora do evento.

 

Para Jamile, foi muito importante participar desse debate, pois a ajudou a compreender o que é o empreendedorismo das mulheres africanas. “Eu sou uma estrangeira que reside na República Democrática do Congo e, ao conhecer mais um pouco das potencialidades do país, meus olhos acabaram sendo direcionados para um comércio que é eminentemente liderado por mulheres, o universo têxtil, das confecções, das criações”.

 

Por isso, a finalidade foi a de compreender a mulher dentro de suas competências, enquanto mãe, profissional, pessoa e ser humando e como ela consegue vencer, dentro de todos os obstáculos que são apresentados no mercado. “Essa foi a primeira conferência que participei nesse formato e foi uma grande fonte para que eu pudesse entender mais sobre o empreendedorismo das mulheres africanas, porque o conceito é o mesmo em qualquer lugar do mundo, mas, no momento que você trata de países diferentes, você pode ter estratégias diferentes, modo de pensar diferente, até porque a cultura é diferente. Então, o meu objetivo foi, além de participar como mais uma mulher empreendedora, entender o empreendedorismo no continente africano”, finaliza.

 

Madame Nalwango, a origem de uma nova tradição.

#MadameNalwango #NalwangoMadame #RDC #Kinshasa #CulturaAfricana #EmpreendedorismoFeminino #EmpreendedorismoAfricano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *